SUÍÇA

O que fazer, como ir, onde se hospedar, quanto custa, roteiro e dicas de viagem barata

CIDADES VISITADAS: Zurique, Genebra, Neuchatel, Basiléia, Berna, Zermatt, Interlaken e Olten.

 

CUSTO: Muito Alto

MOEDA: Franco suíço.

 

DESTAQUES: Os picos nevados dos Alpes, tanto o Jungfraujoch (Interlaken), como o Matterhorn (Zermatt).

LÍNGUA: Alemão, francês, italiano e romanche.

Palavras úteis em Alemão: Oi = Hallo, Obrigado = Danke, Cerveja = Bier

Palavras úteis em Francês: Oi = Salut / Bonjour, Obrigado = Merci, Cerveja = Bière

Palavras úteis em Italiano: Oi = Ciao, Obrigado = Grazie, Cerveja = Birra

VISTO: Brasileiros não precisam de visto para turismo por até 90 dias.

 

A natureza presente nos Alpes Suíços é algo fascinante, certamente o grande motivo que atrai os turistas, mas não se pode desprezar a mistura da modernidade com a antiguidade das cidades maiores deste interessante país europeu. E bota interessante nisso, começando pelo “simples” fato de haver quatro línguas oficiais por lá: alemão, francês, italiano e romanche. Idioma, neve, chocolate, queijo, pontualidade, relógio, neutralidade política... A Suíça tem suas marcas registradas, que custam caro, é verdade, mas podem ser alcançadas com um pouco de planejamento e escolhas econômicas durante a viagem.

Zermatt Suíça Matterhorn

ZERMATT

e o monte Matterhorn

Um paraíso de inverno encravado nos Alpes Suíços

Interlaken Suíça Jungfraujoch

INTERLAKEN

e a região de Jungfrau

De trem por dentro dos Alpes até o topo da Europa

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube ícone social

@BoraViajarAgora

PESQUISAR

PARCEIROS

- PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI:
Pesquise e faça suas reservas pelos links abaixo. Você não paga NADA a mais por isso, e o Bora ganha uma pequena porcentagem!

RESERVE SEU HOTEL

FAÇA SEU SEGURO

ALUGUE SEU CARRO

COMPRE SEU PACOTE

COMPRE SEU INGRESSO

Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados - BORA VIAJAR AGORA

Todo o conteúdo do Bora Viajar Agora está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Portanto, é vedada qualquer reprodução ou divulgação dos textos e imagens, com ou sem fins lucrativos, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem consulta e aprovação prévia dos editores.