PALESTINA

CIDADES VISITADAS: Belém e Jericó.

 

CUSTO: Baixo

MOEDA: Não usa moeda própria, o Novo Shekel israelense é o mais aceito. 

DESTAQUES: A Igreja da Natividade (local de nascimento de Jesus Cristo) em Belém, e o muro de separação da Cisjordânia.

LÍNGUA: Árabe.

Palavras úteis em árabe: Oi = Saalam Aleikum, Obrigado = Shukran, Cerveja = Beera

VISTO: Brasileiros não precisam de visto para turismo por até 90 dias.

Sim, é possível fazer turismo na Palestina e conhecer importantes lugares deste território dividido geograficamente pelas constantes guerras históricas com Israel. A região da Cisjordânia é mais tranquila, onde fica Belém, local de nascimento de Jesus Cristo, entre outras cidades sagradas para os cristãos, como Jericó. O impressionante e polêmico muro de separação pode intimidar, mas os viajantes estrangeiros não devem se sentir inseguros. Aliás, o muro por si só é uma atração à parte. Na Faixa de Gaza, a situação é bem diferente, o problema é grande, e os turistas são quase inexistentes. Conflitos à parte, o povo muçulmano vai te receber bem por lá, e os brasileiros são especialmente acolhidos de forma calorosa. Usando a precaução e o bom senso, vale apreciar esse pedaço do mundo árabe com uma pitada da cultura cristã.

Belém

BELÉM

A cidade onde Jesus nasceu e o polêmico muro de separação

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube ícone social

@BoraViajarAgora

PESQUISAR

PARCEIROS

- PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI:
Pesquise e faça suas reservas pelos links abaixo. Você não paga NADA a mais por isso, e o Bora ganha uma pequena porcentagem!

RESERVE SEU HOTEL

FAÇA SEU SEGURO

ALUGUE SEU CARRO

COMPRE SEU PACOTE

COMPRE SEU INGRESSO

Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados - BORA VIAJAR AGORA

Todo o conteúdo do Bora Viajar Agora está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Portanto, é vedada qualquer reprodução ou divulgação dos textos e imagens, com ou sem fins lucrativos, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem consulta e aprovação prévia dos editores.