Nicaragua-Flag-128

SAN JUAN DEL SUR: a melhor festa (na piscina) da América Central

Reduto dos surfistas e, claro, da festa Sunday Funday
Publicado em:

Quando fui a San Juan del Sur: Fevereiro de 2015

Quanto tempo: 3 dias

Eu já tinha ido a algumas pool parties e também a alguns pub crawls na vida, mas nunca as duas coisas juntas. Pois é, some esses dois tipos de diversão e o resultado é o Sunday Funday, uma pool crawl que acontece semanalmente aos domingos em San Juan del Sur, na Nicarágua. Festa na piscina passando por vários hostels, jovens de diversas partes do mundo e muita animação, esse é o principal motivo da viagem a esta pequena cidade na costa do Pacífico, que também é reduto de surfistas e conta com várias praias da região.

Se você tem outro estilo e não gosta desse tipo de divertimento, eu nem perderia tempo indo até lá, já que o local não oferece tantos outros atrativos. Mas se você é daqueles que gosta de curtir a vida como se não houvesse amanhã, mesmo que seja só por alguns momentos para esquecer um pouco do stress, esse é um destino obrigatório e você precisa estar lá.

Lugar pouquíssimo conhecido entre os brasileiros, San Juan fez parte do mochilão que fiz pela América Central (veja o roteiro completo) no início de 2015. E a cidade entrou no roteiro justamente pela Sunday Funday, festa que foi disparado a maior e mais animada entre todas as que estivemos no continente (com exceção das grandes baladas de Cancún, claro).

Um fator que tem atraído muitos mochileiros para a Nicarágua são os baixos custos do país, além da natureza em alguns outros destinos, como os vulcões da Ilha de Ometepe e em León, ou a cidade histórica de Granada. E por falar em preços baixos, aproveite para matar a vontade de apetitosos pratos de frutos do mar no litoral. Comi uma lagosta espetacular em San Juan del Sur pagando uns 15 dólares.

TRANSPORTE:

Depois de seis horas de ônibus de La Fortuna, na Costa Rica, chegamos à fronteira com a Nicarágua, na cidade de Peñas Blancas. Dali, pegamos um táxi direto para San Juan del Sur, pagando 30 dólares o carro para quatro pessoas, trajeto feito em cerca de uma hora. A maioria dos viajantes ali faz isso. Para quem estiver sozinho e quiser economizar, há a opção de pegar dois ônibus, mas obviamente demora mais tempo. Para ir embora, pegamos um táxi até a cidade de Granada, 1h30 de viagem, pagando 45 dólares dividido por quatro pessoas. Também existe a possibilidade de ir de ônibus, para lá ou para a capital Manágua.

Chegando em San Juan, para ir às praias boas para o surfe, ao norte e ao sul da cidade, as opções são: ônibus (mais barato, mas poucos horários), táxi (mais cômodo, mais caro, mas uma boa se tiver mais gente para dividir) e shuttles oferecidos por alguns hostel (interessante consultar preços e horários).

HOSPEDAGEM:

Se o objetivo da viagem é festa, se hospede em um dos hostels que organiza a festa. Ficamos no Naked Tiger, uma das paradas da Sunday Funday, por 11 dólares a diária em um quarto compartilhado. Acho que nem preciso citar que o lugar é bastante animado, com piscina, bar, mesa para jogar beer-pong e sempre muita gente de vários países com muita história pra contar. Altamente recomendado se você estiver procurando bagunça e um atendimento descolado. Ele está no Top 10 Party Hostels​ do Bora Viajar Agora.

Esse party hostel fica localizado em um morro (que oferece uma bela vista do mar), a cerca de 15 minutos de carro do centro da cidade, longe para ir andando, mas eles oferecem shuttles de graça indo e voltando que fazem esse trajeto regularmente. No centro, existem mais opções de acomodações, como pousadas e pequenos hotéis. Outro hostel bem procurado por lá é o Pacha Mama, que também organiza a Sunday Funday e tem o mesmo espírito do Naked Tiger, mas não tínhamos feito reserva com antecedência e quando chegamos lá já estava lotado.

– FAÇA AQUI A SUA RESERVA PELO BOOKING.COM OU HOSTELWORLD.COm

FESTA:

Como já foi dito, o grande motivo de ir a San Juan Del Sur é a festa Sunday Funday, portanto dê um jeito de estar na cidade em um domingo. A bagunça começa “oficialmente” por volta das 14h, mas antes disso muita gente já está bebendo em seus hostels desde cedo. No nosso caso, o início “oficial” foi em um hostel bem em frente à praia, sempre com muita animação, bebidas, rum Flor de Caña, música, mulherada de biquíni e pessoas na piscina. No fim da tarde, a festa toda migrou para o onde estávamos hospedados, o Naked Tiger. À noite, para quem aguentar, a diversão termina em uma balada. No dia seguinte, é só relembrar e dar risadas das histórias (ou não).

O preço para tudo isso é de 30 dólares (15 dólares para quem estiver hospedado em um dos hostels que organizam), e inclui uma camiseta e o transporte em uma caminhonete de um lugar para o outro, mas as bebidas são pagas à parte. O público é jovem e basicamente de estrangeiros, europeus, norte-americanos, australianos, mas também há alguns nicaraguenses.

Em outros dias da semana também existem algumas festas à noite, na maioria das vezes organizadas também pelos hostels. Durante a semana o movimento é mais fraco, mas na sexta-feira e no sábado que estávamos lá estava bem cheio também.

PRAIAS E SURFE:

A praia central de San Juan del Sur não é das melhores, mas o visual durante o pôr do sol com diversos barcos de pescadores gera boas fotos. Ali também existem vários restaurantes com frutos do mar a bons preços, além de bares que enchem à noite. As melhores praias ficam ao norte da cidade, como a Maderas e a Marsella, ou a sul, como a Hermosa e El Coco.

Essas praias mais afastadas geralmente atraem muitos surfistas, venta bastante nelas e há estrutura com bar, restaurante e alguns hotéis também, mas nada de agito grande. Para ir até elas, o trajeto pode demorar de meia hora até duas horas, dependendo do local e do meio de transporte (ônibus, táxi, shuttle).

IMPERDÍVEL:

– Sunday Funday! Se você gosta de festa, dê um jeito de estar em San Juan em um domingo para curtir essa animada pool crawl, que faz um tour por hostels com piscina.

– Como o objetivo da ida a este destino é a festa, vale a pena ficar em um dos hostels organizadores, sempre movimentados e com a possibilidade de conhecer pessoas.

– Aproveite os preços baixos da Nicarágua para comer bons pratos de frutos do mar na cidade, como lagosta, camarão, polvo, peixes…

QUER SABER MAIS SOBRE SAN JUAN DEL SUR ? ACESSE TAMBÉM:

Site oficial da cidade

Blog Volto Logo

Tiago Leme
Tiago Lemehttps://www.boraviajaragora.com/
Jornalista, autor do Bora Viajar Agora, atualmente morando em Paris, trabalhando como freelancer. Já visitei 77 países. Os posts escritos neste blog são relatos de minhas viagens, com dicas e informações para ajudar outros viajantes.

Leia Também

GRANADA e LEÓN: como ir ao vulcão, o que fazer

Aventura em dois vulcões: subida até a lava do Masaya e volcano boarding no Cerro Negro

AMÉRICA CENTRAL: roteiro de 36 dias por oito países

Roteiro completo de viagem na América Central, de 36 dias por oito países: Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, Guatemala, Belize, México e Colômbia

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Posts

SAINT BARTH: as melhores praias, o que fazer, como ir

Uma (tentativa de) viagem barata na ilha francesa dos milionários e celebridades no Caribe

GORGES DU VERDON: como ir, o que fazer, onde ficar

Um dia no maior cânion da Europa, com pedalinho no lago e os campos de lavanda

MARSELHA: como ir às calanques, o que fazer, onde ficar

As belas calanques, praia, sol, imigrantes e uma França bem diferente da capital

SÃO PETERSBURGO: o que fazer, roteiro, dicas de viagem

Com toque europeu, a luxuosa cidade imperial dos czares russos, cultura e as noites brancas

IOS: festas, praias e o que mais fazer nesta ilha grega

A ilha grega com festas o dia inteiro e diversão garantida a preços baixos