Vietnam-Flag-128

HALONG BAY: como ir, dicas, passeio de barco no Vietnã

Festa no barco e noite no mar vietnamita em umas das 7 Maravilhas Naturais
Publicado em:

Quando fui a Halong Bay: Janeiro de 2014

Quanto tempo: 2 dias

Fazer um passeio de barco por uma baía que conta com cerca de 3 mil ilhotas de rocha calcária, com formas verticais e tamanhos variados, uma das obras da natureza mais impressionantes do mundo, passar a noite no mar vietnamita e, ainda por cima, com direito a uma animada festa a bordo. Halong Bay certamente foi um dos pontos altos no mochilão que fiz entre 2013 e 2014 no Sudeste Asiático (clique aqui e veja o roteiro completo).

A Baía de Halong, que em português significa “a baía onde desceu o dragão”, é Patrimônio Mundial da Unesco e foi eleita em 2011 uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo, ao lado da Floresta Amazônica e das Cataratas do Iguaçu. De fato, é um lugar único e entrou também no nosso ranking Top 10 Belezas Naturais do Bora Viajar Agora. Principal destino turístico do Vietnã, o local ainda conta com cavernas, praias, vilas flutuantes de pescadores e muito da cultura local.

Para conhecer este lugar imperdível, várias empresas oferecem tours que partem da capital Hanói. E foi justamente nesta escolha que considero que fizemos o grande acerto, ao fechar o Castaway Tour. Isso, claro, se você gosta de festa. Também é possível ir de ônibus até Halong City e pegar algum tour por lá, o que sai até mais barato, são vários tipos e tamanhos de barco, mas a dor de cabeça pode ser maior. A maioria das pessoas já sai de Hanói com algo fechado mesmo.

Tivemos certa dúvida antes de decidir, e eram basicamente duas opções: tranquilidade ou agitação. As outras empresas ofereciam os passeios mais comuns lá, os tranquilos, que incluíam aulas de culinária para aprender a fazer rolinho primavera, jantar com garrafa de vinho e um público variado, que sempre pode ter aquele casal de senhores russos ou aquele típico turista japonês com uma câmera fotográfica pendurada no pescoço. Tenho amigos que foram nesse e também falaram muito bem, tudo depende do estilo que você preferir, é só pegar uma empresa bem recomendada, como a Aclass Opera Cruise, por exemplo.

O nosso tour da Castaway era a opção agitada. O barco tinha apenas jovens, viajantes de várias partes do planeta que queriam aproveitar a vida “como se não houvesse amanhã”, não teve aula de rolinho primavera, mas teve muita cerveja, shots, drinking games, música até de madrugada e “Buffaloooo” (leia mais abaixo que você entenderá). Vale citar que as empresas geralmente têm tours de bate-volta no mesmo dia (o que acho muito corrido), uma noite ou duas noites. Seja qual for a sua preferência, coloque Halong Bay no roteiro.

Fizemos o animado Castaway Tour, de uma noite e dois dias, por 140 dólares, com refeições inclusas neste preço, mas bebidas pagas à parte. Existiam outras opções mais baratas, na faixa de 100, 120 dólares, mas todas naquele esquema de mais tranquilidade, sem festa. Fechamos tudo no hostel Vietnam Backpackers. E aqui vale uma atenção especial: não cheguei a presenciar isso lá, mas há relatos de que outro tour está usando ilegalmente o nome da Castaway, passeio de qualidade inferior vendido em outra agência e até mesmo pela internet. Portanto, é bom checar bem antes e fechar direto com este hostel citado, que tem a parceria correta.

Saímos de Hanói bem cedo de ônibus e enfrentamos quatro horas de estrada até Halong City. De lá, pegamos o barco no píer de Tuan Chau por volta das 10h da manhã, quando efetivamente começou o passeio. Nossa embarcação tinha umas 30 pessoas, ficamos em um quarto duplo, com banheiro e até uma janela com vista para o mar verde esmeralda do Golfo de Tonkin, dava para dormir sem qualquer problema. As instalações estavam longe de serem luxuosas, mas contavam com o que era necessário, como um salão na parte fechada para as refeições e festa, bar e uma área aberta com almofadas no convés para curtir o visual.

Antes mesmo de entrar no barco, os animados guias nos passaram as duas regras que pautariam o divertimento: 1) “Buffaloooo! Só podia beber qualquer coisa segurando com a mão esquerda. Quem bebesse algo com a mão direita tinha que virar de uma vez, seja lá o que fosse, cerveja, vodka, água. 2) É proibido falar “dez”. Abriu a boca e disse “ten”, “Buffaloooo, vira a bebida e tome mais álcool na cabeça.

Durante o dia, além de navegar entre as impressionantes ilhotas espalhadas pela baía, ver pescadores locais e vietnamitas em barquinhos vendendo produtos, a principal atividade foi andar de caiaque e ir até a caverna de Luon Bo, onde você passa remando por baixo das enormes rochas. Depois, quem teve coragem de enfrentar o frio de 10°C graus (janeiro é inverno no norte do Vietnã) ainda pôde pular no mar. E, claro, a coragem e a empolgação de cada um aumentavam conforme o tempo ia passando, impulsionados pelo “Buffalooooo” e pelos shotguns de cerveja (furar a latinha e beber de uma vez), constantemente propostos pelos guias.

Nosso tour não incluiu a ida a Sung Sot Cave (a caverna mais conhecida de lá, com iluminação artificial colorida no interior) e nem a Cat Ba Island (a maior das ilhas, mas poucas empresas param lá), mas foi uma escolha que tivemos que fazer, o preço por preferir a “bagunça”. À noite, um outro barco da Castaway parou bem ao lado do nosso, era possível passar de um para o outro, e a festa ficou maior (umas 60 pessoas no total), com direito a música, drinking games e muita bebida alcóolica.

Depois de poucas horas de sono, acordamos cedo, foi servido café da manhã e desembarcamos em Halong City umas 11h da manhã, antes de mais quatro horas de ônibus até Hanói. Para quem tinha fechado o passeio de duas noites (o que depois ficamos com muita vontade de ter feito), o segundo dia continua a partir dali com mais agitação e, ao invés de dormir no barco, a noite seria em uma ilha. No verão, o tour ainda inclui esportes aquáticos e praia.

– FAÇA AQUI A SUA RESERVA PELO BOOKING.COM OU HOSTELWORLD.COM

IMPERDÍVEL:

– Se você gosta de festa e agitação, sem dúvida a melhor escolha é fechar o passeio de Halong Bay com a Castaway Tour, no hostel Vietnam Backpackers.

QUER SABER MAIS SOBRE HALONG BAY? ACESSE TAMBÉM:

Site oficial do destino

– Vida Cigana

​- Vamos Fugir

Tiago Leme
Tiago Lemehttps://www.boraviajaragora.com/
Jornalista, autor do Bora Viajar Agora, atualmente morando em Paris, trabalhando como freelancer. Já visitei 77 países. Os posts escritos neste blog são relatos de minhas viagens, com dicas e informações para ajudar outros viajantes.

Leia Também

HANÓI: guia de viagem, o que fazer, história, bares e festas

Motos e caos à primeira vista, história e diversão na capital do Vietnã comunista

SUDESTE ASIÁTICO: roteiro de 38 dias por quatro países

Roteiro completo de viagem no Sudeste Asiático, de 38 dias por quatro países: Tailândia, Laos, Vietnã e Camboja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Posts

SAINT BARTH: as melhores praias, o que fazer, como ir

Uma (tentativa de) viagem barata na ilha francesa dos milionários e celebridades no Caribe

GORGES DU VERDON: como ir, o que fazer, onde ficar

Um dia no maior cânion da Europa, com pedalinho no lago e os campos de lavanda

MARSELHA: como ir às calanques, o que fazer, onde ficar

As belas calanques, praia, sol, imigrantes e uma França bem diferente da capital

SÃO PETERSBURGO: o que fazer, roteiro, dicas de viagem

Com toque europeu, a luxuosa cidade imperial dos czares russos, cultura e as noites brancas

IOS: festas, praias e o que mais fazer nesta ilha grega

A ilha grega com festas o dia inteiro e diversão garantida a preços baixos