Croatian-flag

BOL: o que fazer, como ir, dicas de viagem

Na ilha de Brac, a praia que é símbolo da Croácia, de barco entre Split e Hvar
Publicado em:

Quando fui a Bol: Julho de 2022

Quanto tempo: 1 dia

Entre as milhares de praias do litoral croata e suas centenas de ilhas no Mar Adriático, uma delas se destaca como um dos cartões-postais das belezas naturais do país: Zlatni Rat (significa Chifre Dourado, em croata), que fica em Bol, a cidade mais antiga da ilha de Brac. Com o seu formato em “V”, mar azul turquesa e águas cristalinas, esta praia é um verdadeiro símbolo do turismo na Croácia. Localizada entre Split e Hvar, a um curto trajeto de barco de ambos os destinos, é um lugar de fácil acesso e satisfação garantida. Difícil é querer ir embora deste paraíso.

Fui à Croácia pela segunda vez em julho de 2022, e desta vez fiz questão de incluir Bol no roteiro. Passamos uma manhã e tarde lá, não dormimos na ilha. Ficamos lá cerca de seis horas, paramos este tempo para curtir a praia, justamente no nosso caminho entre Split e Hvar. Nesta mesma viagem, também visitamos Dubrovnik e o parque de Plitvice Lakes na Croácia, além de ir para a Bósnia. Para quem tiver tempo e quiser ver mais do que a principal atração, pode valer se hospedar uma noite em Bol.

Para curtir bem o sol e clima bom, a melhor época para viajar é entre maio e setembro, sendo julho e agosto a alta temporada de verão. Afinal, praia combina com calor. E uma praia tão bela como esta, merece ser aproveitada e fotografada nos meses em que está no auge da sua beleza.

Split é o ponto de partida na Croácia para pegar um barco até Bol, na ilha de Brac. Para quem está nesta cidade ou em Hvar, tem pouco tempo e não pretende dormir na ilha, é possível fazer um bate-volta no mesmo dia. Nós estávamos em Split e iríamos para Hvar, então decidimos passar o dia em Bol, que fica quase neste caminho. Com isso, pegamos um ferry de Split para Bol, pela Krilo Shipping Company, por 120 kunas (16 euros) e 1 hora de duração, saindo às 9h30 da manhã. Depois de curtir a praia lá, partimos de Bol para Hvar às 16h30, em um catamarã da Jadrolinija, pagamos 130 kunas (17 euros) e foram 50 minutos. Compramos tudo poucos dias antes direto no porto de Split. Várias empresas operam esta rota, mas não são tantos horários por dia. Na alta temporada de verão, a frequência de saídas diárias é maior do que no restante do ano. Mas para quem precisa ir em um horário específico, vale garantir o ticket com pelo menos um dia de antecedência. No site Croatia Ferries é possível consultar todas as informações. Para chegar a Split, há voos partindo de diversas cidades europeias, inclusive de companhias aéreas low cost. Para quem está em outras cidades da Croácia, é bem tranquilo pegar ônibus até Split.

Chegando em Bol, é possível ir andando para os principais pontos de interesse, principalmente para a praia Zlatni Rat. Para lugares mais distantes na ilha de Brac, como Supetar, onde também chegam alguns barcos (mas é uma opção pior), é preciso pegar ônibus ou táxi.

O QUE FAZER:

Logo que atracamos no porto de Bol, andamos por 2km até a famosa praia Zlatni Rat. Como estávamos com mochilões grandes, deixamos eles em um guarda-volumes de uma loja ali perto. Durante a caminhada à beira-mar, paramos algumas vezes para boas fotos de um visual espetacular, em pequenas praias que existem neste trecho. Chegamos em Zlatni Rat pouco antes do meio-dia, e a praia já estava cheia. Depois, encheu ainda mais, já que era mês de julho. Mas apesar disso, o espaço é grande, tendo lugares com menos gente nos cantos. Uma parte é tomada por cadeiras e guarda-sóis de aluguel, mas também há uma área considerável para cada um abrir a sua canga ou toalha nas pedrinhas (isso, nada de areia nessas praias da Croácia) e curtir o sol e o mar azul. Na parte de trás, entre as árvores, o local também tem uma boa estrutura com bares, restaurantes e barracas de sanduíche, pizza e afins. Para ver exatamente o formato de “V” da praia, ou o Chifre Dourado, que pode ter leves alterações por causa das ondas e maré, é preciso uma imagem do alto, como a partir de um drone, por exemplo. Mas é possível já ter uma vista legal caminhando até qualquer um dos dois extremos da praia, em uma parte um pouco mais elevada, e seguindo alguns metros adiante beirando o mar. Não chega a ser um mirante, mas está valendo. Zlatni Rat, de fato, é uma praia paradisíaca peculiar, com a mesma beleza do Mar Adriático de outros lugares do país, mas com um cenário diferente da maioria.

Para quem ficar mais tempo, o Monte Vidova Gora, pico mais alto da ilha de Brac, oferece uma visão panorâmica completa. A trilha demora 2 horas de subida, ou há a opção de ir com algum veículo. Bol também conta com atividades aquáticas, que vão desde tobogãs infláveis no mar para crianças até a frequente prática de windsurf, por causa dos ventos. Outras atrações de Bol estão no centro histórico de Bol, como igrejas, mosteiro e outras construções antigas, além de lojas, restaurantes, bares e algumas baladas para quem curte a noite.

– FAÇA AQUI A SUA RESERVA PELO BOOKING.COM OU HOSTELWORLD.COM

IMPERDÍVEL:

– Seja em um bate-volta de Split ou Hvar, seja para ficar mais tempo na ilha de Brac, tente encaixar Bol e a famosa para Zlatni Rat no roteiro.

QUER SABER MAIS SOBRE BOL? ACESSE TAMBÉM:

Site de turismo da ilha de Brac

Tiago Lemehttps://www.boraviajaragora.com/
Jornalista, autor do Bora Viajar Agora, atualmente morando em Paris, trabalhando como freelancer. Já visitei 89 países. Os posts escritos neste blog são relatos de minhas viagens, com dicas e informações para ajudar outros viajantes.

Leia Também

NOVALJA (Zrce Beach): as melhores festas e praias, como ir

A Ibiza croata! Um destino barato para baladas no verão europeu

HVAR: o que fazer, como ir, dicas de viagem desta ilha croata

A ilha da moda no mar Adriático, destino mais famoso da Croácia

LAGOS PLITVICE: como ir, o que ver, dicas e trilhas do parque

O espetacular parque nacional da Croácia, com cachoeiras e lagos verdes e azuis

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimos Posts

Top 10 – VIDA ANIMAL – natureza, preservação, fauna pelo mundo

Quais são os lugares com animais mais legais que você conhece? O “Bora Viajar Agora” elaborou um ranking de dez lugares pelo mundo

Top 10 – TEMPLOS RELIGIOSOS: os mais sagrados do mundo

Quais são os templos religiosos mais fascinantes do mundo? O “Bora Viajar Agora” elaborou um ranking de dez lugares sagrados

TÂNGER: o que fazer, dicas, como ir da Espanha

No encontro do Atlântico com o Mediterrâneo, a porta de entrada da África do Norte

FEZ: Medina, o que fazer, como ir, dicas

A maior e mais antiga Medina do mundo, e o curtume que foi cenário de novela

CHEFCHAOUEN: o que fazer, como ir, fotos

A Cidade Azul do Marrocos: fotogênica e com tranquilidade nas vielas